Os 7 maiores golpes para roubar seu Bitcoin

Listei os 7 maiores golpes de Bitcoin aplicados até hoje para te ensinar como evitar cair no esquema de hacker e ladrões de Bitcoin!

Bitcoin – a possível caixa de Pandora do mundo digital

Algo que nunca faltou ao criptouniverso: Controvérsia.

Seja ajudando o mercado negro ou enganando usuários em milhões, o bitcoin e seu caráter inovador facilitam os mal-intencionados.

  • A melhor maneira de evitar o golpe: Não seja olho grande!

Sem fazer valor de juízo precipitado aqui.

A descentralização e desregulamentação trazem N benefícios e alguns prejuízos.

Um desses prejuízos, quando utilizado por fraudadores, é a falta de rastreabilidade.

Por isso, o Bitcoin flutua num limbo entre a liberdade financeira vs falta de impunidade.

Vamos aos principais golpes e como evitar cair no famoso “esquema” de Bitcoin.

7 maiores golpes no bitcoin

Para a maioria dos casos, pode ser bastante óbvio o que é uma fraude – mas com o bitcoin, as coisas se tornam mais obscuras.

Bitcoin em si é uma forma não regulamentada de moeda que, essencialmente, é um mero número que só é dado valor por causa de um acordo.

É basicamente e literalmente uma bolsa de dinheiro com um cadeado – cujo a chave é dada ao destinatário do bitcoin (uma analogia traçada pela Forbes em 2017).

Golpes no Bitcoin crescem em velocidade surreal..

  • Hackers e estelionatários vão a forra valendo-se dos gananciosos.

Top 7 Bitcoin Golpes, Fraudes e Scams

Top 7 golpes no bitcoin

Existem inúmeros golpes de bitcoin, e a cada dia, os criminosos reinventam seus métodos. Os 7 golpes abaixo são os mais notórios até o momento:

1.Malware Scams no Bitcoin

Malware no Bitcoin

O malware há muito tempo é a marca registrada de muitos golpes on-line.

Com o Bitcoin, representa uma ameaça crescente, dada a natureza da moeda em si.

Recentemente, um site de suporte técnico chamado Bleeping Computer emitiu um aviso sobre malware direcionado a criptografia, na esperança de salvar clientes de transacionar valores, informou o Yahoo Finance.

“Esse tipo de malware, chamado CryptoCurrency Clipboard Hijackers, funciona monitorando a área de transferência do Windows em busca de criptografia, e se for detectado, ele será trocado por um endereço que eles controlam”, escreveu Lawrence Abrahams, especialista em informática e criador do Bleeping Computer. .

O CryptoCurrency Clipboard Hijackers (que supostamente gerencia 2,3 milhões de endereços de bitcoin), alterna os endereços usados ​​para transferir as moedas com os controles de malware – transferindo valores para os scammers.

De acordo com o Asia Times, até mesmo o sistema da Apple – MacOS – foi corrompido pelo malware usando sites confiáveis ​​como os chats Slack e Discord – cunhados “OSX.Dummy“.

2. Trocas falsas de Bitcoin – BitKRX

golpe no bitcoin
golpe no bitcoin

Certamente, uma das maneiras mais fáceis de enganar os investidores é através de uma organização respeitável e legítima.

Bem, isso é exatamente o que os golpistas no campo do bitcoin estão fazendo.

Golpistas sul-coreano do site BitKRX se apresentavam como “um lugar seguro para trocar e negociar seu Bitcoin”.

Os golpistas assumiram parte do nome da verdadeira Exchange Coreana (KRX), e enganaram as pessoas, passando-se pela legítima exchange.

O BitKRX afirmava ser uma filial da KRX, uma criação da KOSDAQ, da South Korean Futures Exchange e da South Korean Stock Exchange, de acordo com a Coin Telegraph.

O BitKRX usou essa afiliação falsa para enganar as pessoas a usarem o sistema.

O golpe foi exposto em 2017.

3. Esquema Ponzi – MiningMax

Bitcoin é pirâmide?
Bitcoin é pirâmide?

Ponzi Bitcoin scam” é a pior combinação de palavras imagináveis ​​para os gurus financeiros.

Várias organizações enganaram milhões de pessoas com esquemas Ponzi há décadas.

E agora, a pirâmide financeira chegou ao bitcoin.

O maior exemplo até o momento é o site sul-coreano MiningMax.

O site, que não estava registrado na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, prometeu dar aos investidores um ROI – Return Of Investment – diário em troca de um investimento acrescido de uma comissão caso você, investidor, trouxesse outro investidor.

Aparentemente, o site estava pedindo às pessoas que investissem US $ 3.200 para o ROI diário ao longo de dois anos, tempo travado.

Você não podia retirar seu dinheiro antes do término dos dois anos.

Tudo isso somado a uma comissão de US $ 200 para cada investidor recrutado.

trata-se claramente de um esquema de pirâmide financeira.

O domínio da MiningMax foi registrado com em meados de 2016 e tinha uma estrutura de compensação binária.

O esquema fraudulento de criptografia foi relatado pelas afiliadas, resultando em 14 detenções na Coreia em dezembro de 2017.

A Coreia há muito tempo é líder em desenvolvimentos tecnológicos – o bitcoin não é exceção. No entanto, após recente controvérsia, parece que isso está mudando.

“Mas muitos governos estão olhando para isso com muito cuidado”.

Disse Yoo Byung-joon, professor de Administração de Empresas da Universidade Nacional de Seul e coautor do artigo de pesquisa de 2015: “Bitcoin é um E-Business Viável ?:

4. Bitcoin Falso – Um clássico atemporal.

Bitcoin é seguro?
Bitcoin é seguro?

Um clássico (mas não menos duvidoso) golpe envolvendo bitcoin e cryptocurrency é simplesmente, a falsa moeda.

Um dos autores desse golpe foi a My Big Coin.

Essencialmente, o site vendeu bitcoins falsos.

  • Simplesmente isso: Bitcoins falsos.

No início de 2018, My Big Coin, um esquema de criptomoeda que atraiu investidores para o naufrágio de supostos US $ 6 milhões, foi processado pela Comissão de Negociação Futura de Commodities (CFTC) dos EUA.

O caso da CFTC detalha “fraude e apropriação indébita de mercadorias relacionadas à solicitação contínua de clientes por uma moeda virtual conhecida como My Big Coin (MBC)”, acusando também por “apropriação indébita de mais de US $ 6 milhões de clientes”.

Entre outras acusações, o site alegava fraudulentamente que a moeda estava sendo ativamente negociada em várias plataformas, e até mesmo induzia os investidores a acreditar numa parceria com a MasterCard..

Os processados ​​incluem Randall Carter, Mark Gillespie e My Big Coin Pay, Inc.

5. Scam do ICO – O golpe da oferta inicial de moedas.

Golpes no bitcoin
Golpes no bitcoin

Outros golpistas ganharam rios de dinheiro valendo-se das ofertas iniciais para enganar os usuários com dinheiro.

Juntamente com o aumento das empresas apoiadas pelo blockchain, falsas ICOs tornaram-se populares como uma forma de apoiar essas novas empresas.

No entanto, dada a natureza não regulamentada do próprio bitcoin, a porta foi aberta para fraudes.

A maioria das fraudes ocorreram através da obtenção de investidores através de sites falsos da usando carteiras defeituosas, ou colocando-se como verdadeiras empresas baseadas em criptomoeda.

Notavelmente, a Centra Tech, de US $ 32 milhões, ganhou apoio de celebridades (a mais famosa do DJ Khaled).

Foi deflagrada a fraude em abril de 2018, segundo a Fortune.

A empresa foi processada por enganar investidores e mentir sobre produtos, entre outras atividades fraudulentas.

O famoso DJ escreveu seu apoio em uma legenda no Instagram em 2017.

  • “Acabei de receber meu cartão de débito Titanium da Centra Coin. O aplicativo Centra Card & Centra Wallet é o maior em cartões de débito Cryptocurrency com tokens CTR!”

A Comissão de Títulos e Câmbio dos EUA emitiu um aviso em 2017 sobre fraudes e falsas oportunidades de investimento, provocadas por uma série de celebridades que promoveram certos ICOs (como Paris Hilton e Floyd Mayweather Jr. para citar alguns).

“Qualquer celebridade ou outro indivíduo que promova um token virtual deve divulgar a natureza, o escopo e o valor da compensação recebida em troca da promoção”, escreveu a SEC em um Investor Alert em 2017.

Outro exemplo é o Bitcoin Savings and Trust, que foi multado em US $ 40,7 milhões em 2014 pela SEC por criar investimentos falsos e usar um esquema Ponzi para enganar os investidores.

De acordo com a Coin Telegraph, Trenton Shavers, o líder da organização, supostamente enganou os investidores para dar-lhe 720.000 bitcoins prometendo 7% de juros semanais sobre os investimentos – que ele usou para pagar antigos investidores e até mesmo preencher suas contas bancárias pessoais.

6. Scam De Ouro De Bitcoin – mybtgwallet.com

Golpes no bitcoin como se prevenir

Nada chama a atenção do ingênuo como a promessa do ouro – ouro e bitcoin, é claro.

Isso é exatamente o que a mybtgwallet.com fez para os investidores desavisados.

Segundo a CNN, a carteira de bitcoin gold (BTG) fraudou US $ 3,2 milhões em 2017.

O site supostamente usava links em um site legítimo (Bitcoin Gold) para fazer com que os investidores compartilhassem suas chaves privadas como mostra essa captura de tela antiga do site.

Antes que o golpe fosse deflagrado, os golpistas embolsaram US $ 107 mil em bitcoin gold e US $ 72 mil em Litecoin, US $ 30 mil em Ethereum e US $ 3 milhões em Bitcoin, segundo a CNN.

A carteira que o site usava na fraude, começou a ser investigada e o esquema caiu.

“Vale lembrar a todos que nunca será realmente seguro inserir sua chave privada para uma carteira pré-existente em qualquer site on-line”, escreveu a Bitcoin Gold.

“Quando você quiser varrer novas moedas de um endereço de carteira pré-fork, a prática recomendada é a mesma de outros forks: Envie suas moedas antigas para uma nova carteira primeiro, antes de expor as chaves particulares da carteira original. A regra do gerenciamento de chaves privadas reduz muito o risco de roubo. ”

7. Pump and dump Scam

O que é Pump and Dump no bitcoin

Embora esse tipo de golpe não seja exclusivo do bitcoin (obrigado pela educação, “O Lobo de Wall Street”), o pump and dump tornam-se mortal no criptomercado.

A ideia básica é que os investidores “bombem” o preço do bitcoin espalhando fake news em websites e blogs..

Uma vez alcançado o preço desejado, após os golpistas inundarem a rede com notícias falsas inflando artificalmente a cotação do btc, esses golpistas desmontam sua posição, geralmetne relevante e “despejam” seus bitcoins no mercado, afundando as cotações infladas a custa dos investidores pequenos e ingênuos.

Bittrex, um popular site de troca de bitcoin, divulgou um conjunto de diretrizes para evitar golpes de pump-and-dump de Bitcoin.

Como evitar golpes no Bitcoin

Como evitar golpe no bitcoin?
Como evitar golpe no bitcoin?

Com a inevitável ascensão do bitcoin cada vez mais importante é entender e estar atento aos golpes inovadores do mercado.

Não há uma fórmula para evitar ser enganado, mas a melhor dica é desconfiar de tudo e todos.

Sempre pesquisar indicações do site que pretende investir.

Tomar cuidado ao digitar e armazenar senhas e formulários.

E a melhor de todas as dicas: Não seja olho grande. Não acredite em falsas promessas.

Conclusão:

Golpes existem.

Não é o caráter anônimo do Bitcoin que confere o roubo. O golpista se aproveita dessa situação para agir.

Não podemos continuar a difamar a moeda e muito menos generalizar.

O caráter irrastreável e semi-anônimo do Bitcoin é sem dúvidas uma qualidade.

Não deixe que idealizadores da regulação do Bitcoin te faça pensar o contrário.

Você precisa sempre desconfiar de tudo e todos e conter sua ganância. A melhor maneira de cair no golpe é buscar dinheiro fácil.

Recomendo esses dois filmes aqui para entender melhor, e perceber que o golpe existe bem antes do Bitcoin.

Texto por: Anne Sraders